sábado, 26 de novembro de 2011

otis


É incrível. Esse poder que (ainda) tens sobre mim é algo que não sei explicar. Não é uma coisa boa, é algo que tem vindo a diminuir-me e a tudo em que acreditava. O teu jogo, a tua forma de jogar, é perfeita. Conseguiste-o mais um vez.

7 comentários:

Algo Estranho... Alguém Diferente! disse...

pois, quem mais joga, é sempre quem mais nos marca, pena que haja batota pelo meio e o coração (árbitro)não contabilize isso.

Algo Estranho... Alguém Diferente! disse...

talvez porque quem mais nos faz sofrer, é quem mais nos marca. é sempre assim.

alexandrapinto. disse...

obrigada :)

(in)felicidade disse...

e estás a gostar do jogo ou nem tanto ?

Filipa disse...

De nada João (;

Herético disse...

Tens de começar a ter colhões e a dizer para isso parar.
A não ser que a dor te seja, sem perceberes, alimento.

Marta disse...

it's not good for you!