terça-feira, 29 de setembro de 2009

forever strong


sabes, sempre foste a número um. e, certamente, não deixarás de a ser. a excpeção é que te esquecerei e tu a mim. ouvi, ainda agora mesmo, de um homem, que pode saber tudo ou nada. a relutância esgotou-se. sempre estive aqui, e tu não; ou por vezes, melhor dizendo. conseguia(s) tornar a pior situação numa outra, que não de desespero. sabia tudo, ou quase tudo de ti, e tu de mim. todos temos segredos, claro, ou coisas que nos esquecemos de contar, por distração ou apenas por pensarmos que não são importantes e distraímo-nos. mas cada passo e palavra - sem me aperceber - tornava, tudo tão, mas tão diferente...
confesso, que, por vezes, demonstrava desinteresse, propositadamente. mas apenas, para tentares perceber que eu era importante e que sentias a minha falta. acredito que seja um acto egocêntrico, mas não sou perfeito.
dizem que o amor supera todas as distâncias e barreiras. todos os tipos de amor.
bem... eu, estou a ser completamente verdadeiro, quando digo que não acredito em nenhum destes clichés e dos "amores adolescentes" que todos nós temos. porque isso um dia irá acabar, e quando acabar, somos nós que sofremos, e não a(s) pessoa(s) que me deixou/deixaram.
é incrível a rapidez com que trataste e esqueceste tudo. digas o que disseres sei que não é verdade, porém, não digo que és uma farsa. eu já nem digo nada de ti.
um dia; mais tarde, tudo poderá vir a ser relembrado, e aí, iremos desejar termos continuado como éramos, mas ambos iríamos saber que era impossível.
não há impossíveis, mas também não há possíveis para tudo.

5 comentários:

Marta H. disse...

Isto não é nada abstracto, é bem explícito! Na minha visão claro ;) Vais ver que tudo passa JP!

Maria disse...

eu gosto TANTO de ti :')

Joana Filipa Sousa disse...

gosto mesmo dos teus textos :$

vais ver que quanto menos esperares, tudo vai passar (:

Beijinho João Paulo*

joana meneses disse...

amo-te e amo quando só nós percebemos certas cousas :')

jow disse...

a minha partiu-se xb
- escreves muito bem !